Dear Cupid, next time hit both.









segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Em modo "Não quero saber"

Não quero saber da música foleira que dá na rádio nem da que os meus cds passam porque, na realidade, não estou a ouvi-la. Não quero saber do quanto canto mal porque eu canto na mesma, alto, e também danço, atrás do volante. Não quero saber das minhas figuras quando tenho os phones nos ouvidos e dou por mim já a cantar em voz alta no meio da sala da musculação do ginásio, e nem me importo que me achem meio maluquinha. Não quero saber se chove ou se faz frio ou sol ou vento ou o que for, porque isso não me altera minimamente o estado de espírito. Não quero saber se já comi um milka e um kit kat hoje, porque engordar é a última coisa que me preocupa neste momento - na verdade, nada me preocupa neste momento. Não quero saber se tenho um trabalho que é uma seca descomunal, porque se começar a divagar em pensamento (e tanto que eu faço isso ultimamente), as horas passam num instante. Não quero saber se só durmo duas horas, se for pelos motivos certos vale totalmente a pena. E nem quero saber dos contornos da tua história, porque às vezes a ignorância é mesmo uma benção, e eu, neste momento, sou feliz a chafurdar na minha ignorância.

9 comentários:

  1. e olha, eu também não quero saber quando tudo isso me acontece :p
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Riga: sim, é, às vezes é :)

    Iúri: heyyy há quanto tempo mesmo! beijo enorme :)

    Inês: e é tão bom não é? beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Quem me dera! eu tambem quero isso mas nao consigo, a musica que estou a ouvir altera-me, o estado do tempo condiciona o meu bem-estar e o meu trabalho é uma seca e os meus pensamentos nao me levam a divagar. Beijo

    ResponderEliminar
  4. O melhor, sem dúvida. Não saber de nada por vezes. Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Acredita que a ignorância é bênção, e é por isso que crush's platónicas deveriam ser platónicas apenas, acabam por ser uma desilusão! xD

    ResponderEliminar
  6. Jo: há dias assim também, mas os últimos têm sido em modo "não quero saber" ;)

    Misa: concordo, por vezes é o melhor :)

    Eve: haha é muito verdade... :P

    ResponderEliminar
  7. Apetece-me roubar-te a forma como expressas tudo o que te passa aí dentro!

    Ignorância nem sempre significa felicidade, mas ha alturas que é só mesmo isso! ***

    ResponderEliminar